terça-feira, 28 de dezembro de 2010

HISTÓRIA DE CRONÓPIOS E FAMAS

Inconvenientes nos Serviços Públicos

"Veja o que acontece quando se confia nos Cronópios. Mal fora nomeado Diretor-Geral da Radiodifusão, aquele Cronópio chamou uns tradutores da rua San Martín e os fez traduzir todos os textos, anúncios e canções para o romeno, língua não muito popular na Argentina.


Às oito horas da manhã os Famas começavam a ligar seus aparelhos de rádio, ansiosos de ouvir os jornais falados, bem como os anúncios do Geniol e do Azeite Cozinheiro, que é de todos o primeiro.

E ouviram, mas em romeno, de modo que só comprendiam a marca do produto. Profundamente assombrados, os Famas sacudiram os rádios, mas tudo continuava romeno, até o tango Esta Noche me Emborracho, e o telefone da Direção Geral de Radiodifusão era atendido por uma moça que respondia em romeno às ruidosas reclamações, com o que se estabelecia uma confusão dos diabos.


Ciente do fato, o Supremo Governo mandou fuzilar o Cronópio que assim manchava as tradições da pátria. Por infelicidade, o pelotão era integrado de Cronópios alistados, que em vez de atirar no ex-Diretor-Geral mandaram bala em cima da multidão concentrada na Plaza de Mayo, com tão boa pontaria que acertaram até seis oficiais da Marinha e um farmacêutico. Acudiu um pelotão de Famas, o Cronópio foi devidamente fuzilado e nomearam para seu lugar um distinto autor de canções folclóricas e de um ensaio sobre a matéria cinzenta.

Esse Fama restabeleceu o idioma nacional no rádio, mas acontece que os Famas haviam perdido a confiança e quase não ligavam os aparelhos. Muitos Famas, pessimistas por natureza, haviam comprado dicionários e manuais de romeno, assim como também vidas do Rei Carol e da Senhora Lupescu. O romeno ficou de moda apesar da cólera do Superior Governo, e ao túmulo do Cronópio chegavam furtivamente delegações que deixavam cair lágrimas e cartões de visita, onde proliferaram nomes conhecidos em Bucareste, cidade de filatelistas e atentados."

Júlio Cortázar, História de Cronópios e Famas

Nenhum comentário:

Postar um comentário