sexta-feira, 14 de setembro de 2012

PEDAGOGIA DO OPRESSOR


A conexão entre o que se aprende nas escolas e o que se pratica nas fileiras de um Exército que se diz de defesa, mas atua como força permanente de ocupação estrangeira.

Os palestinos nos livros escolares de Israel (Como se faz a desumanização de um povo)
Nilva de Souza
No Blog do Luis Nassif
Neste documentário, Nurit Peled-Elhanan fala de sua pesquisa relacionada com o conteúdo dos livros didáticos de Israel. Ela expõe em detalhes como estes livros são elaborados com o objetivo de desumanizar o povo palestino e fomentar nos jovens estudantes israelenses a base de preconceitos que lhes permitirá atuar de forma cruel e insensível com o mesmo durante o serviço militar.
Conforme explica Nurit Peled-Elhanan, as construções de mundo feitas a partir dos livros didáticos, por serem as primeiras a se sedimentarem na mente das crianças, são muito difíceis de serem erradicadas. Daí a importância que o establishment israelense dedica à ideologia a ser transmitida nos livros didáticos. Neles, os palestinos nunca são apresentados como seres humanos comuns. Nunca aparecem em condições que possam ser consideradas normais. Segundo Nurit Peled-Elhanan, não há nesses livros nem sequer uma fotografia de um palestino que mostre seu rosto. Eles são sempre apresentados como constituindo uma ameaça para os judeus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário