domingo, 11 de março de 2012

PUNIÇÃO: FANTASIA DE CARCEREIROS

"Vocês homens prestativos e bem-intencionados, ajudem na obra de erradicar do mundo o conceito de punição, que o infestou inteiramente! Não há erva mais daninha! Ele não apenas foi introduzido nas consequências da nossa forma de agir - e como já é terrível e irracional entender causa e efeito como causa e punição! - mas fez-se mais, privando da inocência, toda a pura causualidade do acontecer. A insensatez chegou ao ponto de fazer sentir a existência mesmo como uma punição - é como se a educação do gênero humano tivesse sido orientada, até agora, pelas fantasias de carcereiros e carrascos!" (Friedrich Nietzsche, Aurora)   

Nenhum comentário:

Postar um comentário